É a especialidade odontológica, que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares, posicionados de forma inadequada. Dentes tortos ou dentes que não se encaixam corretamente, são difíceis de se manter limpos, podendo ser perdidos precocemente, devido à deterioração e à doença periodontal. 

Podem causar também, estresse adicional aos músculos de mastigação, que pode levar a dores de cabeça, síndrome da ATM e dores na região do pescoço, dos ombros e das costas. 
 
Os dentes mal posicionados, também prejudicam a aparência, e além de ser um tratamento estético, a ortodontia cuida da saúde bucal, melhorando a mastigação e a respiração. 
 
O tratamento ortodôntico ajuda a prevenir doenças periodontais, e evita a disfunção e a dor da ATM (Articulação Temporomandibular), que causa desconforto como dor de cabeça, dor de ouvido, dor ou cansaço dos músculos da mastigação, ruídos articulares e dificuldade para abrir a boca.
 

 

APARELHO ORTODÔNTICO FIXO CONVENCIONAL
 


 
Com certeza esse é o mais utilizado nos tratamentos ortodônticos. O sistema é composto de um conjunto de bandas metálicas, fios e braquetes utilizados para tracionar os dentes. Na parte externa dos dentes são afixados os Braquetes com substâncias adesivas especiais, e através deles é passado um fio metálico em formato de arco, que será manipulado pelo cirurgião-dentista em prazos estipulados, visando o deslocamento gradual dos dentes. Podem também ser coloridos.
 



 

É uma versão mais moderna do aparelho fixo convencional, com os mesmos objetivos. A diferença é que os braquetes são confeccionados de policarbonatos, cerâmica ou safira, que são mais leves, transparentes ou muito claros, e que proporcionam melhor resultado estético.

 



 
 
Aparelho autoligado é a tecnologia mais moderna hoje para tratamentos com aparelho fixo. Este tipo de aparelho ortodôntico, elimina a necessidade de utilização das boas e velhas “borrachinhas coloridas”. A função dessas “borrachinhas” é prender o fio do aparelho ao braquete (aquelas pecinhas que são coladas dentem a dente) e o aparelho autoligado não precisa dessas borrachinhas. Os braquetes desse tipo de aparelho são super tecnológicos e cada um deles tem uma portinha que abre e fecha. Então o dentista abre a portinha, coloca o fio lá dentro e fecha a portinha.
 



 

O aparelho removível e o aparelho ortodôntico móvel, são aqueles que ficam encaixados na boca e podem ser retirados pelo paciente a qualquer momento. Em razão dessa característica, o tratamento depende 100% da colaboração do paciente, para que se torne eficiente. Esse tipo de aparelho pode ter finalidade ortodôntica, ou seja, realizar pequenas movimentações na boca do paciente, ou ainda, podem ser de caráter ortopédico, visando promover alterações ósseas.

 

 
 
Sem título-1
 
voltar