A laserterapia é um tratamento realizado com um equipamento laser de baixa potência, cuja energia é absorvida pelas células doentes do corpo. Esta energia aumenta a microcirculação local, e restabelece a produção de ATP celular (energia) promovendo cicatrização, ação anti-inflamatória e analgésica no local da irradiação.
 
O tratamento com laser é rápido, indolor, seguro (requer o uso de óculos), e não apresenta efeitos colaterais, quando realizado corretamente pelo dentista. O número de sessões de laserterapia é variável conforme a lesão a ser tratada e de acordo com o perfil do paciente.
 
DOR NA ATM
 
A ATM siginifica articulação temporomandibular, que é a articulação entre a mandíbula e o crânio. A DisfunçãoTêmporo-Mandibular (DTM) corresponde a ausência de normalidade nas funções do aparelho mastigatório.
 
A Laserterapia aplicada às disfunções de ATM, tem ação analgésica, anti-inflamatória, relaxante muscular, além de melhorar amicrocirculação local, e auxiliar na reparação das fibras nervosas traumatizadas.
 
HIPERSENSIBILIDADE DOS DENTES
 
Hipersensibilidade dentinária, ou sensibilidade nos dentes, é um problema dentário comum. Trata-se de uma condição que se desenvolve ao longo do tempo, devido a problemas comuns, como retração gengival causada pela escovação com muita força e desgaste do esmalte dentário.
 
A maioria das pessoas que apresenta essa condição, tem entre 20 e 50 anos de idade. A sensibilidade nos dentes surge quando a parte mais macia e interna do dente, chamada dentina, fica exposta, por causa da retração gengival. 
 
Imediatamente após a utilização dos lasers, há uma diminuição da dor, e depois da irradiação ocorre o estímulo para a produção de endorfinas, mecanismo natural de analgesia. Num segundo momento, as propriedades anti-inflamatórias do laser atuam resultando numa reparação pulpar mais eficaz.
 
O efeito da aplicação do laser terapêutico obtém resultados superiores a 85% de eficácia, utilizando aplicação direta do laser na superfície dental exposta. A frequência é de uma a quatro aplicações semanais com intervalos de 48 e 72 horas.
 
AFTAS
 
As aftas causam bastante incômodo no dia a dia de quem sofre com esse problema.
 
O tratamento com laserterapia, é capaz de diminuir a dor, acelerar a cicatrização e, até mesmo, diminuir a frequência de lesões.
 
O procedimento é totalmente indolor, e consiste na emissão de luz diretamente na mucosa, feita por um aparelho. 
 

HERPES

A laserterapia pode ajudar tanto no tratamento quanto na prevenção do problema da herpes bucal.

As ondas têm o poder de reduzir o período de manifestação da doença, aliviar a dor, e aumentar o intervalo em que o vírus do herpes volta a afetar a pessoa infectada.

O tratamento ainda oferece a vantagem de não causar resistência viral, e ser bem tolerada pelos tecidos bucais. Ou seja, a repetição da aplicação não oferece riscos ao paciente.

 
 
Sem título-1
 
voltar